financiamento estudantil para a graduação já é bastante conhecido no Brasil por causa do FIES (Fundo de Financiamento Estudantil) do governo federal. Embora ainda sejam escassas as linhas de crédito voltadas para custear a pós-graduação – especialmente as especializações e os MBAs -, hoje, esse tipo de financiamento é o que pode garantir a captação de alunos para escolas e manter as salas de aula da sua instituição sempre cheias.

As fintechs – startups que trabalham para inovar e otimizar serviços do sistema financeiro – estão movimentando esse mercado e facilitando a vida de quem precisa fazer uma pós-graduação para ascender na carreira profissional ou se atualizar, mas não consegue custear as mensalidades.

Como sabem usar a tecnologia a favor da otimização dos serviços, as fintechs costumam oferecer inúmeras facilidades em relação aos créditos bancários tradicionais, como agilidade na análise de crédito, parcelamento que pode chegar até o triplo do tempo do curso, taxas inferiores aos bancos e atendimento personalizado.

Além de ajudar os estudantes, as fintechs também favorecem as instituições de ensino na captação de novos alunos.

A PUC Minas é uma das instituições parceiras da Intersector, uma fintech especializada em financiamento estudantil para pós-graduação e MBA, que está ganhando destaque no mercado.

Essa parceria, que acontece há um ano, permite que os alunos matriculados possam pagar o valor total de um curso com o dobro de tempo. Após duas campanhas de matrícula, a PUC Minas já ampliou a captação de alunos para escolas, conquistando 120 novos estudantes para o seu Instituto de Educação Continuada.

 

“A parceria com a Intersector abriu portas para um grupo grande de alunos que, por questões orçamentárias, não poderiam colocar em prática o sonho de fazer uma pós-graduação”, opina Miguel Alonso de Gouvêa Valle, pró-reitor da PUC Minas.

Outra parceira da Intersector, a IBE Conveniada FGV conseguiu 500 novos alunos em 2019, gerando aumento de R$ 15 milhões em receita. A instituição, que atua há mais de 20 anos no interior de São Paulo, decidiu que precisava incrementar seu quadro de alunos para os cursos de pós-graduação e MBA da Fundação Getúlio Vargas, nas cidades de Americana, Campinas, Jundiaí e Piracicaba.

Além da PUC Minas e da IBE Conveniada FGV, também são parceiras da Intersector: CEDIN (Centro de Estudos em Direito e Negócios), FACHA (Faculdades Integradas Hélio Alonso), Instituto Mauá de Tecnologia, Faculdade Impacta, IESLA (instituo de Educação Superior Latinoamericano), IED São Paulo e IED Rio de Janeiro (Faculdade de Design) e Esjus (Escola Superior de Justiça).

Ficou interessado em ser parceiro da Intersector? Saiba como manter as salas cheias da sua instituição de ensino.

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo
Open chat
Posso ajudar?