Programas e ações como o Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM – e o Programa de Cotas aumentou a procura dos calouros por uma universidade e garantiu o acesso aos cursos superiores no Brasil. Segundo dados do Ministério da Educação, o país oferece 33 mil cursos de graduação em 2.364 instituições de ensino superior mantendo quase 9 mil alunos matriculados em todos os estados brasileiros.

Porém, a grande dificuldade identificada na pesquisa é a queda na taxa de permanência desses alunos nas instituições. Os dados apurados mostram que só 42,1% das vagas regulares estão preenchidas enquanto 13,5% representam vagas remanescentes.

Entre as justificativas levantadas, a falta de recursos financeiros é considerada. Por isso, trouxemos neste post três motivos para que a sua instituição ofereça opções estendidas de crédito estudantil e mantenha. Confira:

1 – Credibilidade no mercado

O crédito universitário funciona como um empréstimo bancário onde o calouro paga para a empresa especializada em financiamentos o valor do curso, com os juros estipulados no contrato. Porém, para oferecer esse benefício aos alunos, a Instituição de Ensino precisa mostrar credibilidade no mercado. Dessa forma, para ser parceiro de uma financiadora é preciso ter uma boa quantidade de alunos matriculados, ter altas notas do MEC e ainda ter um bom corpo docente.
Por isso, manter esses indicadores em alta reflete a integridade da Instituição e mostra para o aluno a qualidade de ensino oferecido. A parceria com uma empresa de crédito estudantil aumenta as chances do aluno escolher a instituição e é uma ótima oportunidade para aumentar a quantidade de alunos.

2 – Incentivo à graduação

O sonho de ter uma carreira profissional está diretamente ligado à qualificação profissional e às oportunidades que surgem nesse trajeto. Porém, a concorrência nas universidades públicas é grande e atende apenas uma parcela pequena dos 9 milhões de universitários. Enquanto isso, as instituições privadas têm sido uma excelente alternativa de pós-graduação para muitas pessoas que estão buscando ingressar no competitivo mercado de trabalho.
Por isso, o crédito estudantil é uma forma de incentivo à especialização e, primeiramente, à educação. Oferecer ao aluno novas opções para pagar os valores das mensalidades é um diferencial que poucas instituições têm disponibilizado.

3 – Expansão dos negócios

A Intersector FIDC, empresa especializada em financiamento estudantil, estima o aumento de alunos matriculados entre 15 a 20%. Com isso, o financeiro se estabiliza e abre a oportunidade de expandir os negócios. O financiamento extingue grande parte da inadimplência e com isso as oportunidades de investimento crescem. Dessa forma, é possível investir em mais turmas, novos cursos e até outras modalidades, como pós-graduação e até mesmo MBAs.
A expansão dos negócios abre oportunidades no mercado além de aumentar a quantidade de pessoas interessadas que podem continuar utilizando do crédito estudantil e promovendo a sua Instituição.

Se você chegou até aqui, conseguiu ter uma visão de como oferecer o crédito estudantil pode ser vantajoso para a sua instituição. Aproveite para ampliar o seu negócio em parceria com a Intersector Fidc, com diversas opções de financiamento para seus alunos.

E, se você gostou do conteúdo, segue um convite: assine nossa newsletter e fique por dentro das nossas notícias e receba em primeira mão dicas importantes por quem conhece os benefícios do crédito estudantil.

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo
Open chat
Posso ajudar?